Saiba quais foram as avaliações do Legal 500 para o escritório onde Ricardo Tosto é sócio

Posted by ORN on November 16, 2017 in Posts | Short Link

Na edição de 2017 do guia Latin America, publicação idealizada pelo diretório Legal 500, a advocacia Leite, Tosto e Barros ingressou como empresa avaliada. No escritório, Ricardo Tosto e um conjunto de outros advogados associados são responsáveis pela condução de causas dos mais diversos ramos. As avaliações, contudo, fazem parte da rotina anual de outros estabelecimentos jurídicos que resolvem se submeter às observações dos especialistas incumbidos de explicar de que modo anda o desempenho de tais organizações em relação aos serviços oferecidos.

Em geral, os participantes do Legal 500 também se inscrevem para que sejam avaliados por outras instituições similares. Um exemplo de empresa que presta o mesmo tipo de serviço é a Chambers Latin. Nas duas organizações avaliadoras, os critérios para participação costumam consistir na aceitação de documentos e solicitação de questionamentos adicionais, caso a comissão de avaliação julgue necessário complementar as informações recebidas. O material enviado deve conter o detalhamento das formas como profissionais e empresas conduziram as demandas de serviços no período estimado.

Um área mostrou-se em franco crescimento dentro do âmbito jurídico, segundo o guia Latin America. Trata-se daquela que lida com reestruturação e falência de empresas. No escritório de Ricardo Tosto a presença de demandas desse tipo também sofreu um aumento, motivo que levou a publicação a trazer a informação de que a advocacia é listada como capacitada para a solução dessa natureza de questão. Rodrigo Quadrantes, o advogado responsável pelo departamento analisado, foi reconhecido pela forma eficaz como desempenhou suas tarefas.

Setores da economia como os da construção civil, infraestrutura e energia, conhecidos por prestarem serviços diretamente à população, apareceram no guia como os possibilitadores das atuações de destaque do escritório avaliado. Situações em que foi inevitável a abertura de processos litigiosos permitiram com que os advogados da empresa de Ricardo Tosto conseguissem mostrar desempenho satisfatório nas defesas, divulgou a publicação.

Em relação aos profissionais que mais contribuíram enquanto sócias do escritório, o guia da Legal 500 trouxe a informação de que as advogadas Cristina Lombardi e sua colega Mariana Nogueira foram as que mais conseguiram agregar valores de trabalho para os ativos da corporação. O fato, segundo o que foi citado no guia, se deu pelo modo com que as duas desempenharam suas tarefas em questões ligadas ao compliance.

Ricardo Tosto e seus sócios também chamaram a atenção dos avaliadores do diretório Legal 500 no que diz respeito ao campo das concessões. Como ocorreu nas outras modalidades apreciadas, o escritório obteve notas positivas em decorrência da forma como seus advogados atuaram. Dessa vez o destaque ocorreu por meio dos profissionais Tiago Lobão Cosenza e Eduardo Nobre.

Outra área que mostrou crescimento no Leite, Tosto e Barros foi a de processos bancários. Embora a instituição possua profissionais para atuação em todos os ramos existentes, as ações envolvendo questões trabalhistas fizeram com que os bancos representassem uma enorme fatia da clientela da advocacia onde Ricardo Tosto atua. Com isso, o guia indicou que trata-se de uma crescente tendência para os escritórios como o que foi avaliado.

 

Copyright © 2016-2017 Falando de Frente All rights reserved.
This site is using the Shades theme, v2.4.1, from BuyNowShop.com.