O impacto da tecnologia no meio jurídico

Posted by ORN on August 7, 2017 in Posts | Short Link

Resultado de imagem para tecnologia e juridico

Atualmente, a sociedade tem vivido uma nova realidade em função das novas tecnologias, as quais tem avançado em áreas como o aprendizado de máquina, big data, internet das coisas, e várias outras.

No meio jurídico isso não tem sido diferente, e a interação com a tecnologia de ponta tem caminhado rapidamente em ao menos duas áreas, a automação dos sistemas expert e o aprendizado de máquina através de algoritmos. Ao contrário do que as pessoas costumavam pensar, que esse tipo de tecnologia existiria apenas em um futuro distante, nos dias de hoje já existem empresas, investidores e desenvolvedores que trabalham com isso e avançam nesse setor a todo momento.

Como exemplo disso, os processos de automação dedicados a elaboração de contratos e petições é algo que tem despertado o interesse de vários escritórios de advocacia e empresas. São várias as startups que oferecem esse tipo de serviço, como a Looplex e a Linte, as quais prometem precisão e um tempo muito menor para a elaboração de documentos jurídicos feitos em sistemas digitais.

Também já existem máquinas que conseguem aprender com base no contexto da atividade jurídica. O sistema Sapiens, que foi desenvolvido por procuradores da Advocacia-Geral da União (AGU), é um exemplo de método que age através de uma assistente virtual para elaborar petições em casos que possuem as chamadas demandas repetitivas.

Para a criação desse sistema, foram utilizados um conjunto de algoritmos que conseguem aprender a partir de um fluxo grande de dados, que são as petições elaboradas pelos procuradores da AGU no decorrer dos anos. Assim, ao fazer uso do sistema Sapiens, os procuradores recebem sugestões do programa sobre como devem proceder, cabendo a eles decidirem se aceitam ou não as sugestões feitas pelo sistema.

Desse modo, atividades que anteriormente dependiam da experiência de um advogado para serem realizadas, hoje em dia já podem ser completadas por ferramentas eletrônicas quantitativas. E para que a relação entre o meio jurídico e a tecnologia seja construída de forma mais equilibrada, é importante que a comunidade jurídica esteja disposta a compreender e se adaptar a essas transformações de forma contínua.

 

Copyright © 2016-2018 Falando de Frente All rights reserved.
This site is using the Shades theme, v2.4.1, from BuyNowShop.com.